Home » Games » Os 10 Melhores Games de Dragon Ball

Os 10 Melhores Games de Dragon Ball

Por: Bernardo Stamato

25 de novembro de 2017

Eu jogo os games de Dragon Ball desde criança, quando assistia no SBT e nem imaginava o que era um saiyajin. Mesmo antes do Cartoon Network exibir o DBZ, qualquer um já podia comprar um boneco do Freeza no camelô ou alugar um jogo em japonês na locadora – tipo eu. Não entendia nada, só me divertia.

Agora falta pouco pro novo jogo ser lançado, Dragon Ball FighterZ, então bora relembrar os 10 melhores jogos da franquia mais lucrativa da Bandai? Pensei num top 10, mas isso sempre dá treta, então vou simplificar e listar os 10 melhores sem ordem específica! Sinta-se à vontade pra gritar qual é o seu favorito nos comentários!

Dragon Ball Z: Budokai Tenkaichi 3

O favorito de muitos fãs! 161 personagens explorando o vasto elenco de todas as sagas até então, sistema de batalha melhorado e refinado, simples o bastante pra ser amigável pros novatos e complexo o suficiente até pra níveis competitivos.

Um ponto alto foi a versão de Wii, que soube usar com louvor o Wiimote de forma que o Kinect nem conseguia sonhar em fazer. Simplesmente um dos jogos de luta mais polidos e equilibrados de todos os tempos.

Dragon Ball Z: Super Gokuden – Kakusei-Hen

Budokai Tenkaichi 3 é tanto um dos favoritos dos fãs tanto quanto Kakusei-Hen é um dos mais desconhecidos. Pudera, é um RPG lançado só no Japão. Porém a internet nos permite traduções de fãs e emuladores, esse jogo pode – e deve – ser apreciado por todos os fãs.

Ele começa no final dos eventos do primeiro Dragon Ball e vai até a Saga Freeza e é um belo exemplo do que a franquia poderia fazer em termos de RPG tradicional – como o mercado já está sobrecarregado de jogos de ação, os RPGs estão voltando a fazer sucesso. Quem sabe?

Dragon Ball GT: Transformation

Falando em jogos que fogem dos padrões, que tal um beat’em up da série GT? Transformation traz uma pegada mais Streets of Rage e Final Fight pro Dragon Ball, o que até faz todo sentido, se você parar pra pensar.

Você pode escolher Goku, Pan ou Trunks e depois pode desbloquear outros, como Piccolo, Vegeta e até mesmo Baby. Esse provavelmente é o melhor jogo pros – poucos – fãs de GT e com certeza uma pérola única na franquia como um todo.

Dragon Ball Z: Battle of Z

Battle of Z não é tão icônico quanto Budokai, apesar de ser um excelente jogo por si só. Ele equilibra a história clássica, que vai da Saga dos Saiyajins até os eventos do filme Batalha dos Deuses, com alguns eventos não canônicos.

O grande diferencial aqui é a batalha em equipe e o multiplayer online, permitindo vários lutadores em cena ou até uma equipe contra um monstro gigante. No fim das contas, o foco no multiplayer é tanto o que afasta Battle of Z da essência da franquia, quanto o que torna esse jogo tão divertido e único.

Dragon Ball Z: Extreme Butoden

Dragon Ball FighterZ não é o primeiro a reviver a jogabilidade 2D na franquia. Na verdade, a mesma linha de jogos de luta 2D do Super Nintendo tem uma sequência de 2015 pro DS.

Extreme Butoden fez mais do que levar DBZ de volta ao 2D, ele também pegou emprestado mecânicas de outras franquias, como combinações iguais de botões com golpes particulares pra cada personagem – Super Smash Bros – e batalha em equipe com golpes de assistência – Marvel VS Capcom. A narrativa não é o foco, mas as partidas online são excelentes e os personagens incluem clássicos, alguns mais recentes e até alguns não canônicos.

Dragon Ball: Advanced Adventure

O problema da maioria dos jogos que tenta misturar aventura e luta é que acaba não sendo nem um e nem outro. Esse não é o caso de Dragon Ball: Advanced Adventure. O modo história tem tudo o que você pode esperar de um jogo de plataforma e você ainda pode jogar com qualquer personagem no modo luta. Qualquer!

Não só Goku, Piccolo ou vovô Gohan, mas até a versão ciborgue do Tao Pai Pai ou um agente aleatório da Red Ribbon! Sabe aquelas pérolas clássicas do Game Boy Advance? Dragon Ball: Advanced Adventure é uma delas!

Dragon Ball Xenoverse 2

Particularmente meu favorito, Xenoverse 2 pegou tudo do antecessor e melhorou. Isso quer dizer que anos de tentativas e erros de jogabilidade de luta totalmente 3D chegaram ao seu auge num sistema de combate incrível e ainda mais charmoso pela criação de personagem e pela narrativa totalmente original.

Meu sonho era criar um personagem e participar das histórias do Dragon Ball, só nunca imaginei que seria de forma tão divertida quanto em Xenoverse 2.

Dragon Ball Z: Legacy of Goku 2

Agora que eu falei de um incrível jogo de GBA e de um jogo que melhorou muito o seu antecessor, vou falar de um incrível jogo de GBA que melhorou muito o seu antecessor: Legacy of Goku 2. É um jogo action RPG estilo Zelda onde você joga com vários personagens icônicos, se aventura por vastos cenários e desbrava a Saga Cell.

Como se não bastasse, a história vai além do anime canônico, permitindo uma última missão opcional onde você leva os namekuseijins sobreviventes de volta pra Namekusei e enfrenta Cooler, o irmão de Freeza.

Dragon Ball Z: Supersonic Warriors 2

Xenoverse não é a única linha de jogos que muda a história original. Supersonic Warriors 2 mistura muito bem os gráficos 2D com o cenário 3D, com uma jogabilidade simples e divertida, uma história nova que bagunça os eventos do anime e tem o diferencial das batalhas em equipe e até ataques em duplas – que vão desde dois saiyajins soltando kamehameha juntos, até o Mr. Satan convencendo o mundo a levantar o braço pra ajudar a genki dama do Goku.

Dragon Ball Z: Budokai 3

Se Budokai Tenkaichi 3 é o favorito da maioria dos fãs, o mais elogiado pela crítica especializada foi o Budokai 3. Uma franquia de longa data com tantos jogos, personagens e histórias pode ser intimidante pra muitos novatos, mas Budokai 3 consegue agradar a todos os públicos.

O combate é elaborado e equilibrado, o sistema de nivelamento e customização é apaixonante e o modo história é incrível, com até a possibilidade de explorar histórias alternativas, o que torna o fator replay quase infinito. Enquanto o Budokai Tenkaichi 3 é muito polido em mecânica e perfeito pros fãs, o Budokai 3 atende tanto novatos quanto veteranos e certamente é o jogo de Dragon Ball que oferece mais possibilidades até hoje.

Autor: Bernardo Stamato

Vencedor do Concurso Cultural “Eu, Criatura” da Devir Livraria, formado em Letras, pós-graduado em Produção Textual, tradutor e escritor (https://www.wattpad.com/user/BernardoStamato). Quando dá tempo para respirar, lê e joga PS4 também.

[mashshare]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *