Home » Hqs » Dados & Contracapas: Menos Roteiro e Mais Espontaneidade – e Um Gaguejo ou Outro de Vez em Quando

Dados & Contracapas: Menos Roteiro e Mais Espontaneidade – e Um Gaguejo ou Outro de Vez em Quando

Por: Bernardo Stamato

16 de janeiro de 2017

O que nos leva a acompanhar um canal no YouTube? Temos tantas opções, tanta gente falando de assuntos que a gente gosta, tantos nomes consagrados e rostos novos compartilhando suas ideias sobre filmes, jogos, livros e… E tudo! Devo dizer que espontaneidade me cativa e esse deve ser o maior trunfo do canal Dados & Contracapas, canal sobre literatura, rpg e boardgames dirigido pelo Luiz Paulo Lindroth, que sempre apresenta algum conteúdo ao mesmo tempo atual, interessante e fora do mainstream.

Lógico que o conteúdo é de qualidade, se não eu nem estaria falando dele aqui, mas além de jogos como o rpg Rastro de Cthulhu e o boardgame Adoradores de Cthulhu, dos livros e quadrinhos da Editora Avec e de eventos como a Jedicon e o World RPG Fest, o Luiz conquista quando embola a língua, gagueja e muda de assunto do nada.

Não é só porque o anfitrião do Dados & Contracapas é enrolado, é porque ele não precisa de script, mas também não tem vergonha de tropeçar. Afinal, quem não é enrolado? Você não? Eu com certeza. Já ouviu a história do recordista mundial de marcha atlética que se cagou, desmaiou, voltou pra corrida e terminou em 8º lugar? Se um maratonista pode correr cagado, por que a gente não pode gaguejar num vídeo?

Estou mudando de assunto? Desculpe!

Como eu ia dizendo, tal qual em jogos de mesa, o Luiz argumenta sem roteiro e cada pequeno desvio acaba contribuindo pra legitimidade do seu discurso, o que comprova que ele não está falando da boca pra fora ou tagarelando sobre um assunto que desconhece em troca de views ou patrocínio, ele realmente leu e/ou jogou o que está apresentando e achou que aquilo valia o esforço dele e o seu tempo também – é como vencer aquela partida de War ou Uno, um passo em falso pode ajudar na vitória e acaba sendo a parte mais divertida do jogo.

Dito isso, eu espero que o Luiz continue trazendo os livros, rpgs e boardgames – porque enriquecer as prateleiras nunca é demais – e que nunca faça fonoaudióloga – porque o YouTube está precisando de menos roteiro e mais espontaneidade.

Autor: Bernardo Stamato

Vencedor do Concurso Cultural "Eu, Criatura" da Devir Livraria, formado em Letras, pós-graduado em Produção Textual, tradutor e escritor (https://www.wattpad.com/user/BernardoStamato). Quando dá tempo para respirar, lê e joga PS4 também.

[mashshare]