Home » Cinema » Banco lança conta digital para Geração Z

Banco lança conta digital para Geração Z

Por: Luiza Perazzini

17 de março de 2021

Fintech lança conta digital para geração Z

A Z1 tem como proposta introduzir na prática a educação financeira para a geração Z. Para isso, a nova fintech possibilita que jovens menores de 18 anos tenham uma conta digital independente, que pode ser movimentada por meio de um cartão de “crébito” – função crédito e débito – e permite compras em sites e lojas físicas.

Segundo João Pedro Thompson, presidente executivo da startup, a Z1 foi totalmente pensada para atender e orientar esse público. “A primeira lição está no formato de cartão pré-pago, que só permite gastar o saldo disponível funcionando como um escudo antidívidas”, diz ele.

Como a proposta é fomentar a educação financeira, nas redes sociais são oferecidos diversos conteúdos sobre o tema cocriados com a comunidade Z1 – formada por influenciadores de 8 a 20 anos. A comunicação é colorida e com linguagem leve. Até o cartão tem um design diferenciado para chamar a atenção dos adolescentes.

Entre as publicações dos parceiros é possível ver, no Tik Tok, Gustavo Nobre (@estavu), que tem 1 milhão de seguidores, respondendo de maneira divertida às dúvidas que chegam ao SAC da Z1. Em outro vídeo, Hanna (@hanna.caterine), com quase 350 k de seguidores, faz um tutorial de uma maquiagem enquanto explica a diferença entre as funções de crédito e débito do cartão. Mab Horse (@mab_horse), com 2,6 milhões de seguidores, dá a dica de abrir a conta da Z1 para não precisar mais pedir o cartão dos pais para comprar nos jogos online, por exemplo.

Tem também histórias de jovens que estão empreendendo e, por isso, precisam aprender a administrar o próprio dinheiro de maneira saudável. No Instagram, Yedda Affini (@yeddissima), dona da Bayo, uma marca de autocuidado ancestral, conta como transformou seu hobby em negócio.  No TikTok, o artista plástico Igor Baldez explica como percebeu que poderia começar a viver de sua arte e o que ainda precisa aprender para que seu negócio se mantenha próspero.

“Uma vantagem da Z1 é ser a única conta digital que disponibiliza o PIX facilitando a vida do adolescente que quer empreender. Queremos servir de ponte para essa geração Z realizar pequenos sonhos”, comenta Sophie Secaf, cofundadora da startup.

O conteúdo que é gerado por esses jovens, além de informar sobre finanças, ainda ajuda a empresa a ter vários insights para o negócio.

Conquistas

Fundada em janeiro de 2020 pelos jovens empreendedores João Pedro Thompson (ex-Vereda Educação), Thiago Achatz (ex-Grow Pay), Sophie Secaf (ex-BOX 1824) e Mateus Craveiro (ex-Pagar.me) a Z1 acaba de receber o aporte da aceleradora Y Combinator – conhecida por investir em empresas como Airbnb, Twitch e Dropbox. Antes, já havia contado com o aporte do fundo Maya Capital, de Lara Lemann, e dos fundadores da 99, Ariel Lambrecht e Renato Freitas

Entre as inspirações para a criação da Z1, está startup americana Greenlight – avaliada em US$1,2 bilhão e com 1 milhão de usuários, é o primeiro unicórnio do segmento e já captou 300 milhões de dólares.

Hoje, 160 milhões de adolescentes latino-americanos gastam mais de US$46 bilhões por ano. No Brasil, esse mercado é formado por 49 milhões de pessoas que movimentam cerca de R$76 bilhões (US$15 bilhões).

Como funciona

Para abrir uma conta na fintech o primeiro passo é baixar o aplicativo, disponível para iOS e Android. Após o seu rápido cadastro, o adolescente deverá indicar um responsável – que também deverá se cadastrar no app. O acesso é individual, o que garante a privacidade.  Após a análise, se estiver tudo certo, a conta é aberta e o cartão é enviado para o endereço fornecido no cadastro.

O cartão é um pré-pago internacional Mastercard e pode ser usado até o limite de valor que estiver na conta, evitando que o jovem entre em dívidas. Para colocar o dinheiro na conta, é possível gerar boleto ou fazer um PIX.

A conta tem uma taxa mensal de R$ 10,00 que não é cobrada no primeiro mês nem nos meses em que não houver movimentação. Essa foi a solução encontrada pelos sócios para a geração de receita da fintech estar alinhada com a preocupação com a educação financeira.

Em breve, além de acessar a conta, os clientes também poderão receber informações sobre educação financeira pelo aplicativo.


Fonte: https://tiinside.com.br/16/03/2021/fintech-lanca-conta-digital-para-geracao-z/

[mashshare]