Home » Listas » 5 Melhores Animes de 2017 que você precisa ver AGORA

5 Melhores Animes de 2017 que você precisa ver AGORA

Por: Bernardo Stamato

1 de Fevereiro de 2018

2017 foi o ano dos otakus! Teve muito anime bom, muito anime lixo, anime de drama, de ficção científica, de fantasia, mas teve cinco que… Putz, já estão entre os melhores dos últimos tempos!

Então, enquanto não chega a nova temporada de One Punch Man e de Tokyo Ghoul, se liga nesses cinco animes que estrearam ano passado e estão aí fresquinhos, acabaram de sair do forno, pra você curtir!

Recovery of an MMO Junkie – Netojū no Susume

Um anime de um videogame? Já chamou a minha atenção! Moriko, uma mulher de 30 anos, larga o emprego pra viver de um MMORPG, onde ela joga com um “rapaz bonitão”. Mas como ela joga tão ruim quanto eu, uma tal de Lily se oferece pra ajudar a noob. Isso tudo ao mesmo tempo em que a Moriko conhece um cara na vida real. Já deu pra entender, né?

Se você curte Sword Art Online, esse aqui é uma boa aposta, só que com uma pegada mais sobre seguir seus sonhos, com assuntos tipo sinceridade e desilusão. Se você curte videogames, assiste. Se você curte animes, assiste. E digo mais, se você namora alguém que não curte anime, mas curte história de romance, vale a pena arriscar com esse daqui.

Made In Abyss

Se você curtiu Madoka Magica, dá uma olhada no Made In Abyss. No começo é de boa, inocente, numa ilha com um buraco sem fundo – literalmente – e uma menina chamada Ryko querendo explorar o poço porque a mãe dela já tinha catado uns artefatos lá em baixo. Acontece que a mãe dela não voltou da última vez que foi, daí complica, né.

Só que quanto mais fundo a Ryko desce, mais sombrio o anime fica. Cara, olha esse anime, é muito fofo, você pensa que vai ser meigo e… Não! O que tem de fofo tem de bisonho. Sem falar que, enquanto a maioria dos animes explica demais, esse é o contrário, ele só te mostra e te deixar tirar as próprias conclusões. Depois que você começa, não tem como não ir até o final.

Kino’s Journey: The Beautiful World

Sabe a vontade de botar o pé na estrada? Então, Kino não quer exatamente isso, mas tem que viajar num mundo todo doido com uma moto falante, a Hermes. A graça não é só conhecer um monte de cidades esquisitas, mas também as pessoas e os conflitos de cada um, uma forma muito maneira de mostrar como todos somos pequenos e enormes ao mesmo tempo.

Num episódio, Kino está num país considerado o mais seguro do mundo, onde todo mundo tem uma arma. No outro, Kino está num navio gigante e tem a chance de ser a rainha enquanto estiver a bordo. E ela vai assim, conhecendo e experimentando as leis e os costumes de cada país, o que acaba sendo conhecer e experimentar o que a natureza humana tem de melhor… E de pior. Você vai achando que é só um anime de road trip e termina cada episódio com menos unha, porque vai roendo tudo. E no final, o lema é: o mundo não é bonito, por isso que é bonito. Assiste, que você entende.

Wish’s Scum – Kuzu no Honkai

Olha só, um anime romântico, que fofo! Tem um casal de estudantes, eles estão descobrindo juntos o que é compartilhar os sentimentos e o corpo. Seria bonitinho, se não fosse um detalhe: um não ama o outro, eles são apaixonados por outras pessoas e só ficam juntos pra preencher o vazio e a amargura da rejeição. Tenso!

Além dessa história bem pesada, esse anime faz uma parada que quase nenhum outro faz: retrata a sexualidade dos jovens em toda a sua bizarrice. E nem é no sentido depravado não, é drama puro mesmo. Eu nunca tinha ficado viciado num anime de romance, pra mim sofrência era só música ruim mesmo, mas esse aqui me fez rever meus conceitos.

Inuyashiki

Quantos heróis surgiram por acidente? Qualquer um podia ser picado pela aranha radioativa, o Um Anel podia cair na mão de qualquer hobbit e qualquer um podia estar num parque na hora de uma explosão interdimensional e virar um ciborgue. Qualquer um mesmo, até um velhinho simpático. E esse é o herói de Inuyashiki, um idoso bonzinho que decide usar seus novos poderes pra fazer o bem, inclusive enfrentar um adolescente que ganhou os mesmos poderes, mas decidiu sair matando todo mundo.

E mano, esse velhinho, o Inuyashiki, é tudo o que você pode esperar de um velhinho! O cara não tinha ninguém, tinha câncer e agora tem super-poderes, mas continua sendo uma pessoa como qualquer outra, cheio de inseguranças. E justamente por já ter tido toda uma vida – que não foi nada fácil diga-se de passagem -, o cara não é um herói Marvel, que tem a vida toda pela frente pra salvar o mundo com os poderes. Ele achava que ia morrer e ainda não sabe se vai morrer ou não, tudo o que ele pode fazer é viver um dia de cada vez. Com super-poderes, o que é legal.

Mas faz muito mais sentido esse velhinho querer justiça do que qualquer outro herói. Homem-Aranha, um adolescente com poderes? Homem de Ferro, um bilionário com uma armadura mais poderosa do que um tanque de guerra? Eu, bonitão aqui? Não ia prestar, né, ninguém ia ser herói mesmo. Esse velhinho, putz, me surpreendeu. Esse anime é lento o suficiente pra te deixar tenso, mas rápido o suficiente pra não te deixar nem piscar.

2018

Vamos olhar pro futuro agora: quais animes você quer ver em 2018? Solta o verbo nos comentários!

Autor: Bernardo Stamato

Vencedor do Concurso Cultural "Eu, Criatura" da Devir Livraria, formado em Letras, pós-graduado em Produção Textual, tradutor e escritor (https://www.wattpad.com/user/BernardoStamato). Quando dá tempo para respirar, lê e joga PS4 também.

[mashshare]