Home » Games » 4 Dicas para Começar sua Coleção de Board Games

4 Dicas para Começar sua Coleção de Board Games

Por: Bernardo Stamato

2 de outubro de 2017

Se você está lendo esse artigo, provavelmente tem um jogo de tabuleiro criando poeira no seu armário. Ou passeia pelo shopping e fica paquerando aquelas caixas cheias de ilustrações maneiras. Ou de vez em quando comenta com amigos e parentes como vocês jogavam vários jogos analógicos quando eram menores. Ou tudo isso. Pois é, os board games voltaram a ser um hobby popular e você já pode abrir um espaço na sua casa pra ter uma coleção de board games. Aqui estão 4 dicas pra quem quer sair da nostalgia e montar uma coleção de respeito.

Antes de mais nada, o primeiro passo é o mais óbvio: jogue. Se você não tem nenhum jogo de tabuleiro em casa, algum amigo deve ter e isso basta. Marque um dia pra jogar com o pessoal, não precisa ser muita gente, você e mais dois já é mais que o suficiente pra uma noite pra espairecer e rir um pouco. Tome a iniciativa de jogar com seus amigos, bote pilha, supere a preguiça. É mais fácil sentar e jogar conversa fora do que aprender as regras de um jogo e preparar a mesa pra espalhar as cartas e as peças, mas com certeza uma noite de jogatina é mais memorável do que mais uma noite de papo furado. Jogue e vicie seus amigos nos jogos. Por mais corrida que seja nossas rotinas, uma vez por mês é totalmente possível e extremamente divertido.

O Luiz Lindroth do Dados & Contracapas deu uma dica fundamental também: não começar por um jogo complexo. De fato, pegar um jogo com regras elaboradas assusta e faz a gente querer deixar pra lá e fazer qualquer outra coisa, mas nem todo jogo é difícil. Alguns jogos são chamados “gateway games”, jogos simples que abrem portas pros iniciantes, como Zombie Dice, Carcassonne, Tokaido e Dixit, todos muito dinâmicos e simples, o pessoal pega o ritmo numa boa e as partidas podem ser rápidas. Se não quiser torrar o salário todo também, alguns jogos são mais baratos, menos de R$ 100,00, o que também é um bom incentivo. Seja pra tirar a poeira dos seus jogos, seja pra comprar algo novo, se você está começando – ou recomençando -, pegue leve por enquanto, experimente opções mais simples, não tem problema em botar o pé na água pra sentir a temperatura antes de pular de cabeça.

Outro truque é frequentar eventos. Pesquise eventos especializados próximos de onde você mora, ou talvez uma loja ou bar apropriado pra novos jogadores. Os eventos são bons pela enorme diversidade de opções e pelas mesas organizadas, enquanto as lojas e bares especializados sempre têm uma equipe disposta a tirar dúvidas e explicar as regras. Outra vantagem dessas oportunidades é que você pode ir só com um amigo ou até sozinho e conhecer outros jogadores por lá mesmo, além de se forçar a conhecer jogos diferentes daqueles que você está habituado. Se você for do Rio, minha dica é a hamburgueria Taverna do Dragão, melhor lugar pra beber cerveja e devorar comida artesanal enquanto rola dados e cartas contra os amigos.

O David Coelho do canal Siga o Coelho me falou da importância de ter jogos variados em vez de ter muitos jogos. Se estamos começando a coleção, não sabemos o que nossos amigos vão gostar de verdade, então é sempre útil comprar jogos de estilos diferentes, uns que exigem mais estratégia, outros que exigem mais sorte, uns com partidas rápidas, outros com partidas longas e assim vai. Não adianta ter muitos jogos no mesmo estilo e a galera acabar enjoando, a boa é ter de tudo um pouco pro pessoal ter variedade e pra mais amigos se interessarem também.

Se você leu até aqui, aposto que está de saco cheio de blá bla blá e quer mesmo é desafiar a galera pra algumas partidas. Aproveita e deixa um comentário aqui dizendo qual jogo você sugere pros iniciantes e qual foi o seu primeiro board game. E não se faça de rogado, mande agora uma mensagem descompromissada pra alguns amigos no Whatsapp sugerindo um dia de jogatina.

Você só tem a ganhar.

Autor: Bernardo Stamato

Vencedor do Concurso Cultural “Eu, Criatura” da Devir Livraria, formado em Letras, pós-graduado em Produção Textual, tradutor e escritor (https://www.wattpad.com/user/BernardoStamato). Quando dá tempo para respirar, lê e joga PS4 também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *